21.7.08

História de Brisingr - Parte 14

Jasmine chorava. Não de tristeza, ou raiva. Apenas chorava por tudo o que tinha perdido por causa de Shurigan. Ela poderia ter tido uma família se não fosse por ele.

Ao seu lado, a rainha Fiorella a olhava, ansiosa.

-Eu já me decidi sobre o meu reinado. - disse Jasmine - Eu vou retomar o que é meu por direito.

-Sua mãe estaria orgulhosa de você. Assim como eu estou. - respondeu a rainha com um sorriso no rosto.

Naquele momento uma pequena fada muito agitada entrou pela sala, sem fôlego

-Majestades! Majestades! - disse desesperada - A falsa rainha está aqui! Diz que quer falar com a princesa Jasmine! Se não deixarmos ela vai invadir! Não conseguiremos impedi-la, ela está com o espectro.

-Esperem - disse Jasmine, autoritária - Se é comigo que ela quer falar, então eu irei.

-Tem certeza? - perguntou a rainha.

-Se minha mãe não teve medo, eu também não vou ter.

-Siga-me - disse a pequena fada.

As duas retornaram ao ponto onde se abre a passagem da cachoeira. Deiron agora vinha atrás de Jasmine.

-Deixe a entrar. - disse a pequena fada as outras que tentavam fechar a passagem. - Mas lance um feitiço que a deixe sob a condição de não nos fazer mal. E o espectro fica lá fora.

E assim, dentro de alguns segundos, Lia entrava pela passagem, divinamente bem vestida.

-Jasmine! - dizia ela, correndo para abraçar a amiga - Jasmine, você está bem?

Jasmine não respondeu nada.

-Eu vim assim que soube que você estava aqui! Como você veio parar neste lugar? Ah... O que ainda estamos fazendo aqui? Vem vamos para o meu belo e aconchegante castelo!

Alguns entre as fadas cochichavam

-mas que cara de pau!

-Não tem limites mesmo esta farsante!

A primeira reação de Jasmine era dizer não para Lia e começar uma grande confusão ali mesmo. Mas uma idéia lhe veio à cabeça, tinha um novo plano.

-É claro! - disse ela - O meu amigo vai também, certo?

-Mas... - começou Lia

-Ótimo nós vamos nos despedir e já voltamos.

E puxou Deiron que não entendia nada.

Ela se despediu da rainha Fiorella e em pouco tempo já estavam na carruagem (pilotada por Vlad, que Jasmine não demonstrou conhecer) a caminho do castelo.

5 comentários:

  1. oii sou a Made da república
    nossa cara amei seu blog vc q escreveu essa história? passa lá no meu blog:
    http://madeinliberdade.blogspot.com
    ou http://lovetobeagirl.blogspot.com
    bjãoo

    ResponderExcluir
  2. eii, sou a looh da republica...
    nossa adorei a sua história, vc tem muito talento!!!!
    bijos..

    ResponderExcluir
  3. Oiii eu sou la da republica
    amei a história
    Parabéns vc tem muito telento
    Beijos ok

    ResponderExcluir
  4. oooy, sou luiza da republica ;D adorei sua história, beeijs

    ResponderExcluir
  5. Essa história esta incrível ! Parabéns ! Não vejo a hora de descobrir como vai terminar tudo isso ! =) [sou da República]

    ResponderExcluir