20.3.11

Sobre livros: Favoritos - Parte I

Olá queridos. Resolvi preparar uma coisa diferente hoje. Segue a resenha de alguns dos meus livros favoritos para inspirar vocês, em duas partes pra não ficar grande, haha. Peço desculpa pela ausência, tentarei não deixar o blog tão abandonado.
O Diário de Anne Frank: 12 de junho de 1942. Essa é a primeira data do diário de Anne Frank, quando ela passa a narrar todos os problemas de uma família de judeus vivendo em plena segunda guerra mundial. O diário de Anne Frank é muito mais do que um relato sobre a guerra. A redação das cartas e a escolha das palavras são impecáveis e é muito interessante ver que mesmo sendo registros de muitos anos atrás é possível se identificar muito com suas dúvidas, acompanhar seu amadurecimento. È um livro que ensina muito. Uma pequena observação: é quase impossível não chorar no fim.

 "Apesar de tudo eu ainda creio na bondade humana."



 Desventuras em Série - Mau começo: Imagine que em certo ponto da sua vida, algo muda, e de repente, você se vê perdido em meio a mistérios, parentes repulsivos, muita tristeza, e muito, muito longe de um final feliz. È essa a situação dos três irmãos Baudelaire ao perderem seus pais. A partir daí, um ciclo de infortúnios começa, graças ao vilanesco Conde Olaf, que insiste em perseguir os órfãos atrás de sua fortuna. E esse é só um mau começo. O que mais me chama atenção nesse livro, é o modo como ele é redigido, e afirmo com certeza, que raramente acharei algo parecido. Lemony Snicket (Daniel Handler) se mistura a trama e tem como assinatura pequenos detalhes ao longo dos treze livros, escrevendo em um estilo pessimista e meio "vintage". Totalmente único.

"Algumas pessoas encontram conforto apenas por estarem juntas."


9 comentários:

  1. Ai, eu não consegui ler Anne Frank, não sei se foi porque era uma leitura forçada para aula de sociologia, ou se foi porque eu não gostei mesmo. Um dia tento novamente.
    E sobre a "Desaventuras em série, minha amiga gosta já me indicou, acho que vou pegar pra ler!

    Bejus

    ResponderExcluir
  2. Os livros são bastante interesantes. Fiquei com vontade de ler. As resenhas ficaram muito boas.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. AH, sempre quis ler o da Anne Frank, mas ainda não consegui. O desventuras em série, eu li o Hospital Hostil, mas faz tanto tempo que nem lembro mais direito a história rs
    Gostei daqui :) E obrigada pela visita *-*
    Bgs e boa semana :*

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li nenhum desses.
    As desventuras sempre tive vontade, mas nunca oportunidade para ler, agora o diario de Anne Frank não é meu estilo, acho que vou esperar mais um tempo para o ler.

    Beijos
    Marta
    http://aspalavrasfugiram.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Li metade de Anne Frank e abandonei pela monotonia da narrativa, mas quando a vida de Anne muda você fica preso até que tudo na vida dela se acalme novamente. Desventuras em Série é meu favorito, adoro me divertir com os tão inteligente irmãos Baudelaire que de alguma forma o impossível acontece com eles (como enfrentar sangue sugas canívoras e o furacão em um lago). É bem divertido.

    Irei seguir seu blog e venho te pedir que faça o mesmo com o meu, é sobre meu livro não deixe de dar uma olhada no prólogo! \o

    Beeijos ;*

    ResponderExcluir
  6. Oi Oi!
    Você me passou o link do seu blog pelo Skoob e aqui estou!
    Meus parabéns pelo seu espaço...
    Já estou te seguindo, ficaria feliz se pudesse retribuir e participar da minha primeira promoção...

    http://hellenstuffs.blogspot.com/2011/03/promocao-jogo-da-memoria-laura-bergallo.html

    Abraços

    H.C.C.Reis
    www.hellenstuffs.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Os livros parecem ser muito bons,vou ver se consigo comprar um deles

    ResponderExcluir
  8. Querida, eu li estes dois livros, Anne Frank foi essencial na minha vida, não sei como explicar o efeito que essa garota teve sobre mim...
    Desventuras em série é divertidíssimo, eu to no livro 4, mal posso esperar pra terminar a série e saber o que realmente acontece com os irmãos Baudelaire e com o malvado do Conde Olaf!
    Gostei do post, boas indicações.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. O Diário de Anne Frank é um de meus livros preferidos. Triste, sincero, é um retrato histórico. Qdo li, senti vergonha de mim, aos 14, pois a Anne, com essa idade era tão inteligente, crítica...

    Super recomendável!

    ADorei seu blog,
    Estou seguindo!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir