24.4.11

Resenha do Livro: Espíritos entre Nós

Olá para todos \o/ Me chamo Gabriele Cristine, dona do blog Desneurando. E estou ajudando também o Contando Histórias. Fazer resenhas, era apenas no Skoob mas, agora, será aqui também, hehe.

Farei hoje a resenha do livro Espíritos entre Nós, do autor e médium James Van Praagh. Falar sobre espiritismo para uns, pode soar estranho mas, um dos assuntos que mais amedontra e encanta as pessoas.

James Van Praagh é autor do livro Conversando com os Espíritos e, co-produtor da série de TV Ghost Whisperer. Ao ler este livro, confesso que meu interesse por este assunto aumentou mais. E pretendo fazer com que vocês gostem também. Sei que esse é um assunto muito diferente mas, pretendo fazer com que vocês realmente sintam um grande interesse por este assunto. Mesmo.

Título Original: Ghosts among us
Gênero: Espírita
Lançamento: 2009

  Perder um ente querido pode ser uma das dores mais profundas que podemos sentir. Imersos na saudade, na tristeza e muitas vezes na culpa, nos agarramos à memória e nos questionamos se algum dia a nos encontrar.

Em Espíritos entre Nós, o médium americano James Van Praagh afirma que os espíritos de pessoas queridas estão sempre à nossa volta, olhando por nós e até interferindo em nossas escolhas para tomarmos o caminho certo.

Com a ajuda de Van Praagh, nossas angústias são convertidas em conhecimento e inspiração, o que nos faz abrir os olhos e o coração para compreender os mistérios da vida e desvendar os segredos da morte.

Bem, quero começar a dizer que este livro é realmente lindo. Seu assunto principal é os espíritos, um assunto que assusta algumas pessoas, mas que pode ser bem interessante.

O livro é como se fosse um guia, falando totalmente sobre o outro lado da vida. O autor relata suas experiências vividas, ou até de outras pessoas, ou seja, explicando claramente o que acontece depois da morte. O autor é um médium, uma pessoa que consegue conversar com os espíritos. Tudo está escrito neste livro. E também há dicas de muitas coisas, relacionando ao espiritismo.

Confesso que, adorei mesmo este livro. A cada leitura que fazia, o assunto ficava cada vez mais interessante, um livro de auto-ajuda que serve para pessoas que são totalmente interessadas neste assunto.

E há também exercícios sobre a "energia espiritual" que são muito bons. Sim, eu gostei. Sei que a maioria das pessoas gostam de ler livros sobre romance, aventura e etc mas, se você parar para começar a ler um livro, que o assunto principal é o espiritismo, sua vida vai mudar e, muito.
Recomendo para todos lerem, com carinho e amor, que vocês poderão se surpreender.

17 comentários:

  1. Eu tenho MUITA curiosidade para ler um livro espirita e eu tenho um aqui em casa que se chama QUANDO O PASSADO NÃO PASSA da Elisa Masselli. Uma amiga da minha mãe emprestou a ela e disse que era muito bom, mas como minha mãe não tem gosto pela leitura como eu, não conseguiu ler. Então, eu pretendo ler e comentar pra ela sobre o que o livro trata.

    Adorei a resenha. Achei a dica muito legal, ainda mais quando se fala de um gênero que nem todo mundo gosta ou até mesmo aceita, mas para aceita do que qualquer outro motivo, é muito interressante.

    O livro parece ser legal. Eu acredito no espiritismo e acho um MÁXIMO! Toda essas coisas sobre, me interessam demais.

    Parabéns pelo primeiro post *-* Beijinhos, se cuida s2

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros espíritas, de verdade.
    Nunca pensei que fosse o tipo de livro que me interessaria, mas me surpreendi.
    Fiquei curiosa quanto a esse.

    http://kingo.to/zr0 - Acesse ;D

    ResponderExcluir
  3. Você já tinha me falado do livro, e desde então fiquei com vontade de ler e aprender mais :3

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha! O livro parece ser muito interessante! Tenho uma amiga que gosta muito do tema e que faz aniversário esse mes... já sei q presente dar! :D
    Brigadinha

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha!
    Fiquei bem interessada na leitura
    Eu não tenho nada contra esse tema, até eu acho que eu acredito no espiritismo hahaha não sei.....HAHA

    Já te linkei nos parceiros
    bjs

    Nana
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela resenha!

    Boys e Livros
    http://boyselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu já li alguns livros espíritas e gosto bastante, acho que nos faz refletir sobre várias atitudes que cometemos e as vezes parece que nunca terão conseqüências sérias. Achei super legal sua resenha parabéns! Estou seguindo o blog, passa e segue o meu também? http://vicio-de-leitura.blogspost.com
    Beijão Flor!

    ResponderExcluir
  8. não conhecia o livro, mas tem cara de ser interessante.
    ainda vou ler. ^^

    beijos.

    ResponderExcluir
  9. Tbm não conhecia o livro, não é meu tipo usual de leitura, mas quem sabe?
    Parece ser interessante =)
    Eu AMEI o layout do blog, parabéns!

    beeijoo, Nayanne =*
    www.bookaholicworld.com

    ResponderExcluir
  10. Esse livro deve ser bem fera,eu acho bem legal esses livros que falam sobre espiritos.


    Resumindo livros

    ResponderExcluir
  11. eu comprei o livro hoje e vou começar a ler obrigado

    ResponderExcluir
  12. , muito bom esse livro ' jáh lí 3 vezes de tanto que eu gostei'
    - esse livro eu apresentei uma resenha a minha professora e ela adoro ate emprestei para ela o livro' Hoje vou explicar para meus colegas o que eu entendi do livro e o potencial do livro'

    ResponderExcluir
  13. Esse livro é muito bom mesmo, estou terminando de lê-lo cada historia supreendente que contém dentro dele,[gostaria de dicas com mais livros que possam bordar esse tema]...
    Beiijos...

    ResponderExcluir
  14. Julio C. Rezende1.11.12

    Tenho uma educação espírita, mas esse livro me clareou de modo profundo a minha visão da espiritualidade. Me fez ver os sentimentos humanos de modo ainda mais diferente.

    ResponderExcluir
  15. Boa resenha, mas para quem leu e NÃO É ESPÍRITA, não é um livro de autoajuda, já que essas mensagens não são para melhorar a pessoa em relação a ela mesma e, sim, em relação às outras pessoas do mundo.

    ResponderExcluir